Justiça na ponta do lápis

Alunos de escolas profissionalizantes de Fortaleza terão uma aula de cidadania, respeito aos direitos humanos e de como ter acesso à Justiça. Em setembro, juízes do trabalho, procuradores e advogados deixarão os gabinetes e visitarão seis escolas estaduais. Na outra semana, serão os alunos que irão ao Fórum Autran Nunes e à sede do Tribunal Regional do Trabalho (TRT/CE). Professores da rede pública foram capacitados em oficinas e aprenderam noções de Direito para repassarem aos alunos. Um ganho para os jovens que, muitas vezes, não sabem como garantir seus direitos. A coluna foi redigida por Diego Borges.

´´Precisamos abrir caminho para financiamento público e investimentos públicos e privados, que é o que também mantém o FNE”

Diário do Nordeste