Os grandes temas e os apelos midiáticos das campanhas

É possível se ter ideia do tratamento que será dado a determinados temas

A reportagem publicada na edição de ontem do O POVO na editoria de Política, sobre quais os temas que deverão pautar a campanha política em Fortaleza, a partir do que foi colocado nos planos de governo dos próprios postulantes, é importante instrumento de reflexão para o eleitor e os políticos de modo geral. Como bem mostrou o repórter Marcos Robério, é possível hoje se ter uma ideia do tratamento que será dado a determinados temas no desenrolar dos debates. Nesse aspecto, saúde, educação e segurança continuarão com o foco maior , enquanto mobilidade urbana, turismo, entre outros, ganharão status diferenciados em relação aos pleitos anteriores. Por outro lado, diante desse cartel de assuntos, outras questões tão ou mais importantes, acabarão sendo abordadas em segundo plano.

É necessário destacar que o marketing político como ferramenta das campanhas, trabalha com o apelo popular quando vai definir o que cada candidato deve tratar. Muito do que acaba virando mote das falas e propagandas, portanto, advém do interesse imediato do eleitor. No caso de uma eleição municipal, isso se torna bem mais presente, ao se levar em conta a proximidade dos problemas da cidade em relação ao cotidiano do cidadão comum. Não há, nesse sentido, como ignorar que certas questões sejam as que gerem maior atenção por parte das pessoas.

Mas se tudo isso é aceitável do ponto de vista do marketing político, é preciso que haja por parte dos postulantes ao cargo máximo do município, a ampliação do arco de visão no que diz respeito a complexidade de gerir uma cidade como Fortaleza. A campanha deveria ser exatamente o espaço de aprofundamento das discussões sob os mais variados temas, que acabam de certa forma sendo engolidos por estratégia s que mais se adequam aos interesses midiáticos, do que propriamente ao que se destina a discussão sobre os rumos que se queira dar a gestão municipal. De qualquer forma, de nossa parte, como veículo de imprensa, continuaremos atentos no sentido de garantir ao máximo possibilidade de ampliação do debate. Essa é a nossa missão.

O Povo