Prefeitura e Apeoc definem reajuste salarial para professores que recebem acima do Piso em Tauá

A Prefeita de Tauá Patrícia Aguiar recebeu em seu Gabinete neste feriado de terça-feira, 25, representantes do Sindicato Apeoc em mais uma rodada de conversações sobre reajuste salarial para professores graduados e o novo Plano de Cargos Carreiras e Remuneração do Magistério.

Esse grupo de trabalho vem discutindo os temas relacionados à educação. Durante a reunião, que contou com ainda com as participações da Secretária de Educação, Lannuza Loureiro, profº João Álcimo, sindicalista Roque Melo, profª Lucilene, dentre outros, foram apresentados todos os números e projeções sobre a receita do Fundeb para o ano de 2014.

A Prefeita Patrícia Aguiar lembrou todas as conquistas obtidas pelo magistério tauaense nos últimos anos, quanto a questão salarial, melhoria das escolas e do nível de aprendizado dos alunos e destacou o esforço dos professores para melhorar a qualidade da educação.

Patrícia defendeu uma maior valorização da categoria no aspecto salarial e lamentou que os recursos repassados pelo Fundeb às prefeituras municipais, ainda não possibilitem uma mulher remuneração.

“Propusemos aos representantes do Sindicato Apeoc Estadual e Municipal, um reajuste linear de 8,32% para todos os professores e foi aceito pelos representantes da categoria”, disse a Prefeita Patrícia Aguiar, acrescentando que o reajuste vigorará a partir do dia 1º de maio para os professores que ganham acima do Piso Salarial. Para quem ganha o Piso, o reajuste foi concedido em janeiro passado e ficou acima da inflação para todas as categorias.

De acordo com as normas do Fundeb, nenhum município pode pagar abaixo do Piso Salarial, que em 2014 foi fixado em R$ 1.697,39 para os professores graduados. Já os profissionais detentores de especialização, mestrado e doutorado não são amparados pela legislação do Ministério da Educação. A prefeita assegurou o mesmo reajuste concedido para que recebe com base no Piso Salarial, para as demais categorias de professores concursados, estáveis e temporários.

Os representantes do Sindicato Apeoc fizeram questão de ressaltar a abertura da Prefeita em discutir e construir com a categoria, uma proposta que contemplasse o desejo da categoria, tendo em vista a realidade financeira atual.

Pelo Sindicato Apeoc estadual estiveram presentes o advogado Dr. Ítalo Bezerra e o professor Juscelino Linhares. Já o Sindicato Apeoc municipal foi representado pelos professores Luis Aucí, Fátima Bessa, Rogermo Melo, Antomária e Elione.

Nos próximos dias, a Prefeita também receberá os representantes da Asservita para apresentar a mesma proposta. Em seguida, os projetos do reajuste salarial e PCCRM serão encaminhados para a Câmara Municipal de Tauá.

Site: Governo Municipal de Tauá