Segurança nas escolas é reforçada por Pelotão Escolar da Guarda Municipal

Evitar agressões, discussões entre alunos e inibir o uso de drogas. Essas são algumas das ocorrências registradas pelo Pelotão de Segurança Escolar (PSE), a partir do mapeamento do entorno das escolas gerenciadas pela Prefeitura de Fortaleza, iniciado em outubro de 2013.

“A conversa com os envolvidos vem dando certo”, diz o comandante do PSE, inspetor Wagner Nobre. Agora, com o início do Tempo Integral nas escolas municipais, implantado pelo Prefeito Roberto Cláudio, o PSE intensificou ronda preventiva em cinco unidades que já estão funcionando com o novo sistema. As escolas são a Aldemir Martins, na Barra do Ceará; a Antonieta Cals, no São João do Tauape; a Maria do Socorro Alves Carneiro, no Bonsucesso; a Filgueiras Lima, no Jardim América; a Dom Antônio de Almeida Lustosa, na Granja Lisboa; e a José Carvalho, no José de Alencar.

A proposta do PSE é promover a segurança nas escolas, garantindo atendimento aos pais, alunos, professores e colaboradores da rede municipal de ensino. O efetivo trabalha em sintonia com o calendário das 464 unidades escolares, de segunda a sexta-feira, das 6h às 14h e das 14h às 22h. São nove viaturas, cada uma com três guardas, que ficam na porta dos estabelecimentos, observando a entrada e saída dos estudantes e professores. A escolha das escolas é aleatória.

O objetivo do pelotão é estar presente, conversar, interagir com o gestor, alunos e os pais. Quando o efetivo chega nas escolas, se apresenta, olha como está o ambiente no entorno do estabelecimento e permanece no local durante a chegada ou saída da comunidade escolar. O PSE é um programa da Secretaria Municipal de Segurança Cidadã (Sesec) e tem o apoio da Secretaria Municipal de Educação (SME).

DA REDAÇÃO DO ESTADO ONLINE
online@oestadoce.com.br
Fonte: Prefeitura de Fortaleza
(AG)