Parlamentares debatem ações da Secretaria Municipal de Educação

Vereadores fizeram questionamentos ao titular da SME - Foto: Genilson de Lima

Vereadores fizeram questionamentos ao titular da SME – Foto: Genilson de Lima

Logo após a apresentação de ações e avanços da Secretaria Municipal de Educação, feita pelo Secretário Ivo Gomes, os parlamentares aproveitaram o momento e levantaram algumas questões sobre futuras ações, esclarecimentos e sugestões para melhorar o atual planejamento. 

Durante a primeira rodada de perguntas, o vereador John Monteiro (PTdoB) elogiou o que a SME vem executando desde o ano passado, e afirmou que crianças, pais e professores estão cada vez mais se apropriando do espaço da escola, o parlamentar pediu ao Secretário que as escolas municipais reforçassem mais a ocupação na escola com atividades como gincana e eventos. O vereador Capitão Wagner (PR) questionou Ivo Gomes se existe algum planejamento para melhorar a situação de insegurança nas escolas, enquanto Guilherme Sampaio (PT), aparteado por Acrísio Sena (PT) e João Alfredo (PSOL), questionou por que bibliotecas e laboratórios de informática não possuem professores.

Ivo Gomes respondeu ao vereador John Monteiro que um dos objetivos da SME é fazer que pais, alunos, diretores e professores da Escola Pública ocupem cada vez mais o espaço, para que estudantes sintam vontade própria de frequentar o local. Em resposta ao Capitão Wagner, Ivo afirmou que a novas 40 viaturas serão disponibilizadas para cuidar da segurança dos alunos que estudam nas escolas municipais. Sobre os questionamentos de Guilherme e João Alfredo, o secretário explicou que espaços como a biblioteca e laboratórios de informática estão sempre funcionando, possuem livre acesso para os estudantes e os mesmos espaços não possuem necessidade de se manter um professor. Ivo Gomes ponderou a contratação de, por exemplo, um bibliotecário caso exista necessidade.

Na segunda rodada de perguntas, Toinha Rocha (PSOL) apontou que na escola pública existe um problema sério de crianças que possuem intolerância alimentar, e sugeriu que seja feito uma pesquisa no cardápio para contemplar crianças que possuem intolerância alimentar como glútem ou lactose. O 3º Secretário da CMFor, vereador Antônio Henrique (PROS) quis saber se é verdade se as escolas municipais irão eventualmente dar aula de música, enquanto a vereadora Cláudia Gomes (PTC) parabenizou o Secretário pelas ações que vem desenvolvendo na SME e sugeriu a contratação de fisioterapeutas para as escolas públicas.

Em resposta, Ivo Gomes agradeceu pela informação fornecida pela vereadora Toinha Rocha e se mostrou preocupado com as crianças que não podem se alimentar com as refeições oferecidas nas Escolas Públicas. O Secretário garantiu que vai fazer uma pesquisa para apontar onde estão os alunos que possuem qualquer tipo de intolerância alimentar, para que o cardápio seja modificado. Sobre a questão do vereador Antônio Henrique, Ivo afirmou que eventualmente alunos da rede de ensino receberão aulas de instrumentos musicais, porém ainda sem data prevista. Ivo Gomes agradeceu a sugestão da vereadora Cláudia Gomes e informou que em cada Regional será colocada uma equipe multidisciplinar de apoio ao aluno, com terapeuta, psicólogo, psiquiatra para prover melhor atendimento ao assunto.

Na terceira e última rodada de perguntas, Ronivaldo Maia (PT) questionou a qualidade de ensino aplicado nas escolas municipais e afirmou que existem salas de aula que possuem mais de 40 alunos, enquanto o vereador Deodato Ramalho (PT) pediu para Ivo fazer uma comparação entre a qualidade de ensino da gestão anterior e a atual. O vereador Evaldo Lima (PCdoB) encerrou parabenizando o Secretário pelo investimento que está sendo feito na área de educação, e também pela valorização que os professores da rede municipal de ensino estão recebendo.

Ivo Gomes respondeu aos vereadores Ronivaldo e Deodato que a educação na rede municipal está melhorando, sim, e com o tempo, a qualidade de ensino no Município vai melhorar mais ainda. O Secretário explicou que as escolas possuem diversos projetos e programas para aumentar a qualidade de ensino e oferecer melhores oportunidades para os estudantes.

Também participaram do debate os vereadores Carlos Mesquita (PMDB), A Onde É (PTC), Zier Férrer (PMN), Professor Elói (PROS), Marcos Aurélio (PSC), Márcio Cruz (PROS), Adail Júnior (PROS) e Fábio Braga (PTN).

Fonte: CMFOR