Estudantes e polícia entram em confronto em protestos no Chile

Confrontos ocorreram em frente ao palácio presidencial em Santiago.
Manifestantes pediam educação pública gratuita e de qualidade.

Policiais lançam bomba de gás na direção de manifestantes nesta quinta-feira (28) em frente ao Palacio de La Moneda (Foto: AFP)

Milhares de estudantes voltaram a tomar as ruas do centro de Santiago para protagonizar uma grande marcha estudantil para exgir uma educação pública gratuita e de qualidade e entraram em confronto com a polícia.

Os confrontos ocorreram na praça em frente ao palácio presidencial.

Segundo os organizadores, a marcha reúne 120 mil pessoas, mas as autoridades ainda não informaram sobre uma cifra oficial.

Os estudantes, que no ano passado realizaram diversas manifestações em prol das melhorias no ensino, afirmam que o governo de Sebastián Piñera não acolheu ainda suas exigências para uma completa reformulação do atual sistema, herdado da ditadura de Augusto Pinochet (1973-1990).

Do G1, com agências internacionais