Professores das universidades estaduais decidem pela continuidade da greve

Sindicato dos Servidores Técnico-Administrativos do Ensino Superior Oficial do Estado do Ceará (Sinsesc) comunicou na última sexta-feira o retorno das atividades na Universidade Estadual do Ceará (Uece), Universidade Regional do Cariri (Urca) e Universidade Estadual do Vale do Acaraú (UVA). No entanto, os professores das três universidades estaduais do Ceará decidiram pela continuidade da greve em assembleias realizadas na última quarta-feira (18).

De acordo com o Sindicato dos Docentes da UVA, Sindiuva, a decisão ocorreu pelo não atendimento, por parte do governo, das três principais reivindicações do movimento: a assinatura do Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV), a abertura de vagas em concurso para professor efetivo e para técnicos administrativos, além do cancelamento da cessão de um prédio da Facedi, do campus da Uece de Itapipoca para o IFCE. A próxima assembleia será realizada no dia 8 de janeiro, e decidirá pela continuidade ou não da greve, a depender da sinalização de diálogo pelo governo do Ceará.

Os docentes da Uece e da Urca também decidiram, por unanimidade, pela continuidade da greve. Em assembleia, eles avaliaram que a proposta do Governo não possui elementos concretos .

Fonte: O Povo