Servidores e alunos realizam protestos em apoio à greve na educação

Cerca de 100 servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) realizam, às 9h desta quinta-feira, 28, uma manifestação na Praça do Ferreira, no Centro de Fortaleza, em apoio à greve de professores e servidores dos centros de educação federais. O grupo irá caminhar até a sede do Banco Central na avenida Dom Manuel.

O protesto é em apoio aos grevistas das universidades públicas em negociação salarial e pela realização de mais concursos públicos para provimento de vagas. Segundo a organização, as manifestações serão realizadas em todas as capitais brasileiras. Em Fortaleza, o movimento está sendo organizado pelo Sindicato dos Servidores do IFCE (Sindsifce) e conta com o apoio do Sindicato dos Trabalhadores das Universidades Federais no Estado do Ceará (Sintufc). 

Leia também:
Reitor do IFCE espera negociação para resolver greve

Redes sociais
Durante esta quarta-feira, 27, professores e estudantes da Universidade Federal do Ceará (UFC) utilizaram as redes sociais Twitter e Facebook para realizar protestos. O chamado “Twitaço”, organizado por alunos e professores do Curso Sistemas e Mídias Digitais, queria chamar atenção para a greve dos professores.

Durante todo o dia os alunos postaram mensagens para apresentar a situação das universidades e para solicitar melhorias no ensino superior público. O movimento utilizou a hastag (símbolo utilizado para indicar um assunto) #equiparaDilma. A escolha do nome se deve ao pedido dos professores de reestruturação da carreira docente tendo como base salarial a carreira dos pesquisadores do Ministério de Ciências e Tecnologia. Um perfil no facebook também foi criado com o nome Federais Na Greve.

Redação O POVO Online