PP deixa Inácio para apoiar o PSB

Na ocasião, Ciro Gomes disse que a orientação de Cid é ainda para trabalhar em busca de aliados até o dia 30

O Partido Progressista (PP) oficializou, ontem, o apoio à candidatura de Roberto Cláudio (PSB) à Prefeitura de Fortaleza. Agora, a coligação em favor do presidente da Assembleia Legislativa conta com 13 legendas, devendo ter o maior tempo de propaganda no rádio e na televisão. Conforme o principal articulador político do PSB, Ciro Gomes, a orientação do governador Cid é no sentido de trabalhar para atrair mais partidos para a coligação até o próximo dia 30, quando se encerra o prazo para as convenções partidárias.

De acordo com o presidente municipal do PP, Jaime Cavalcante, a decisão foi tomada na noite de terça-feira, em reunião com os candidatos a vereador da sigla e com o aval dos diretórios municipal, estadual e nacional. “Fizemos uma analise da conjuntura política de Fortaleza e achamos por bem nos aliarmos ao PSB, um parceiro histórico do PP”, disse Jaime Cavalcante.

O dirigente do PP, Jaime Cavalcante, afirma que a sigla vinha negociando aliança com o PCdoB, mas, na última terça, decidiu apoiar o PSB FOTO: FABIANE DE PAULA

Apoio

Até o rompimento da aliança entre PT e PSB, o PP negociava com o PC do B local o apoio à candidatura do senador Inácio Arruda à Prefeitura. Porém, após o fim daquela aliança, Jaime Cavalcante disse que iniciou as conversações também com o PSB.

“Nós fazemos críticas muito fortes à administração (da prefeita) Luizianne Lins (PT). E seria incoerência do PP marchar junto com o PSB e o PT”, explicou Cavalcante. “Mas assim que houve o rompimento, nós ficamos à vontade para discutir tanto com PC do B como com o PSB”, disse.

Prioridade

Ao agradecer o apoio do PP, Roberto Cláudio disse que, se eleito, a prioridade de seu governo será a saúde pública. “Hoje vivemos a maior crise da saúde pública nessa cidade”, avaliou, antes de pedir o apoio de todos os vereadores da coligação para apoiar a sua administração. Roberto Cláudio disse ainda que o seu plano de governo será discutido em conjunto com todos os partidos aliados, afirmando ser esse o intuito da aliança.

O ex-ministro Ciro Gomes, mesmo após fazer uma crítica à gestão de Luizianne, reafirmou que o tom da campanha do PSB não será de ataques: “A nossa campanha não é contra ninguém. Mas nada justifica que Fortaleza seja a segunda pior cidade do Estado em Educação”. Segundo ele, a orientação de Cid é de trabalhar para atrair mais partidos para a coligação.

O anúncio do apoio do PP foi feito no início da tarde e contou com a presença dos candidatos a vereador da sigla e de representantes de outras legendas que apoiam a candidatura do PSB. Também estava presente o candidato a vice na chapa do PSB, Gaudêncio Lucena (PMDB).

Diário do Nordeste