No sertão cearense, estudantes recebem lanchas em troca de canoas de madeira

Substituir canoas de madeira para o transporte de estudantes no período de chuvas foi o motivo do pedido de duas lanchas feito ao Ministério da Educação pelo município deUruoca, no noroeste cearense. Embora situado no Sertão, onde predomina o clima seco, Uruoca tem época chuvosa, de janeiro a abril, quando o rio Coreaú alaga e afeta a população dos distritos de Campanário e Paracuá.

Lanchas modernas e seguras são reivindicadas pelo município cearense de Uruoca para garantir aos estudantes segurança e acesso à escola no período de alagamento do rio Coreaú (foto: Wanderley Pessoa/MEC)

Lanchas modernas e seguras são reivindicadas pelo município cearense de Uruoca para garantir aos estudantes segurança e acesso à escola no período de alagamento do rio Coreaú (foto: Wanderley Pessoa/MEC)

Cada um desses distritos conta com escola de ensino fundamental e centro de educação infantil, que recebem estudantes das comunidades rurais próximas.

“Hoje, alugamos canoas de madeira para a travessia dos estudantes, mas esse transporte não é seguro”, afirma a secretária de Educação de Uruoca, Maria Sheila Sousa de Andrade. A secretária pediu duas lanchas na revisão do Plano de Ações Articuladas (PAR) deste ano. “Para oferecer segurança às crianças e aos pais e garantir o acesso à escola, especialmente no início do ano letivo, que corresponde à temporada de alagamento do rio”, explica Maria Sheila.

Fonte: Tribuna do Ceará