Prefeito nega corte em reajustes

O prefeito do município de Redenção, Manuel Soares Bandeira, nega que esteja fazendo demissões de funcionários e cortes nos salários ou reajustes, conforme denúncia do Sindicato dos Servidores daquele município ao Ministério Público. Bandeira afirma não ter demitido ninguém até agora e que neste ano realizou vários aumentos nos salários de várias categorias, dentre elas os professores municipais. Mas admite que demissões podem ocorrer até o final do ano como “ultima alternativa” de reajuste orçamentário.

Prefeito Manuel Soares Bandeira acredita não haver motivos para servidores estarem em greve FOTO: FABIANE DE PAULA

“Só com pagamento de professores, já estamos pagando 70% do Fundo da Educação Básica (Fundeb). Quem ganhava o salário mínimo, foi reajustado no início do ano. Nós pagamos além do que manda a Lei do Piso”, afirma o prefeito municipal Soares Bandeira. Para professores graduados e com pós-graduação, houve reajuste de 4% e haverá outro aumento em setembro.

Reajustes

De acordo com o gestor, houve aumento do salário dos professores do Ensino Fundamental de 12%, com os vencimentos passando de R$ 1.517 para a quantia de R$ 1.695.

FONTE: Diário do Nordeste