Prefeito diz que nenhuma criança ficará sem creche em Fortaleza

Prefeito Roberto Cláudio e secretário Ivo Gomes durante abertura do ano letivo da rede municipal de ensino – FOTO: MAURI MELO/ O POVO

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, garante que não houve fechamento decrechespróprias da Prefeitura e que “nenhuma criança ficará sem creche”. A declaração foi dada na manhã desta segunda-feira, 18, durante aabertura oficial do ano letivo da rede municipal de ensino, que teve como palco a Escola de Ensino Fundamental e Educação Infantil Mozart Pinto, no bairro Jardim América.

Segundo o prefeito, o que aconteceu é que algumas creches conveniadas à Prefeitura não atenderam ao edital de renovação, lançado na última quinta-feira, 7. Caso da Creche Comunitária do Conjunto Palmeiras, que atendia 80 crianças com idades entre 11 meses e quatro anos. Segundo a Secretaria Municipal da Educação (SME), a instituição não participou do processo de habilitação por não ter apresentado a documentação necessária.

Roberto Cláudio afirma, no entanto, que se a associação entregar o prédio à administração municipal, a Prefeitura fará a creche funcionar. “Vamos assumir de imediato o prédio, colocando professores e diretores (da rede pública de ensino) para fazer a creche funcionar. Mas nenhuma criança ficará fora das creches”, garante o prefeito.

Ele acrescenta ainda que, a partir desse semestre, será lançado um conjunto de licitações para construir e recuperar creches e escolas. “Serão 80 creches novas, 29 escolas em tempo integral, 127 quadras (esportivas), além de um conjunto de reformas”, diz.

De acordo com o secretário municipal da educação, Ivo Gomes, que também esteve presente na abertura oficial do ano letivo, tem sido feito chamamento público para que a Prefeitura de Fortaleza possa ocupar, diretamente, espaços de entidades sem fins lucrativos. “Já temos 47 instituições inscritas para esse fim e, como creche não tem obrigação dos 200 dias letivos, vamos abrir creches todo mês, à medida que formos inaugurando espaços próprios e adquirindo espaços conveniados com essas instituições”, explica.

Calendário

O secretário Ivo Gomes reforçou ainda que, segundo o novo calendário de 2013, haverá aulas nos feriados dos dias 19 (feriado de São José) e 25 de março. Ele chamou a atenção dos pais presentes no evento para que levem os filhos à escola nessas datas. “Vai ser um ano puxado porque vai ter muita aula, mas estamos iniciando uma virada”, afirma o secretário. A mudança no calendário visa acertar o início das aulas no próximo ano: inclui, assim, aulas aos feriados, sábados e alguns dias das férias, além de uma hora extra de aula diária para os 1º e 2º anos do Ensino Fundamental.

>> Confira novo calendário letivo de 2013.

O Povo