Evento destaca educação 3.0 na gestão escolar

Os gestores estão preparados para o uso da educação 3.0? Se não, o Geduc2013, evento que acontece entre os dias 20 e 22 de março em São Paulo, pretende ajudar esses profissionais a entrarem em contato com as tendências da área. Com o tema norteador Educação 3.0: Quais os novos desafios para a gestão?, o encontro se dará em torno de debates sobre seis grandes temas, dentre eles os desafios para a gestão escolar, as práticas didáticas bem sucedidas e as tendências educacionais no ensino superior e na educação básica. Os interessados em participar podem se inscrever no site do evento – que é pago, com desconto até o próximo dia 15.

Durante os três dias, participarão do encontro diferentes especialistas nacionais, inclusive, figuras de renome internacional, como Jim Lengel, especialista em educação 3.0 e professor na Hunter College, na Universidade de Nova York. Lengel realizará uma palestra magna sobre o tema. Enquanto isso, Barbara Bruns, economista-chefe do Banco Mundial, responsável pela educação na América Latina e Caribe, vai destacar como alcançar uma educação de nível mundial. A diretora do Inspirare, Anna Penido, participa do evento do painel destinado à inovação. Confira a lista completa de palestrantes.

Sergey Nivens / Fotolia.com

O evento será realizado no Hotel Maksoud Plaza, na capital paulista. Em meio a fóruns, workshops e palestras, que acontecerão durante todo o dia, a ideia é preparar presidentes, reitores e diretores de instituições de ensino do país tanto nas áreas administrativa quanto pedagógica para lidar com a educação 3.0.

Dentro de cada um dos seis temas, acontecerão palestras específicas. Na educação básica, por exemplo, a abordagem será sobre o bilinguismo e a sala de aula. Já no ensino superior, será colocada em pauta a didática e as novas tendências da prática pedagógica universitária. De acordo com Sônia Simões Colombo, presidente da Comissão do Geduc, a educação 3.0 surge como uma forma de revolucionar a gestão como um todo, para muito além da estrutura, metodologia ou dinâmica da sala de aula. “O desafio é saber como as instituições de ensino vão se adequar a essa evolução, como capacitarão os docentes para a atual realidade, como desenvolverão os processos organizacionais para poderem atender às novas necessidades e expectativas dos alunos e como poderão fortalecer o negócio educação de maneira sustentável”, afirma.