“Não haverá greve por falta de diálogo”, assegura Ivo Gomes

O secretário da Educação, Ivo Gomes, afirmou que, para evitar o “passado de tradição de dureza, de intolerância e de obstrução dos canais de diálogo” com os professores, irá “dialogar até as últimas consequências”. Ele assegura que “não haverá greve por falta de diálogo”.

 

“Estamos tomando duras medidas de contenção de despesas e de organização dos gastos públicos para que eles possam ser aplicados com mais eficiência e a gente possa garantir aos professores os reajustes anuais que eles merecem”.

 

O secretário disse ainda estar “otimista” em relação à possibilidade de que seja construída uma política salarial dos professores: “Vamos construir junto com as categorias representativas dos professores uma política salarial não anual, mas política salarial para os próximos quatro anos. Vamos ter que criar uma engenharia financeira”, disse.

O Povo