Professora da rede municipal recebe prêmio por projeto de educação inclusiva

alt
A professora Ana Patrícia Mendes, da rede municipal de ensino de Fortaleza, foi premiada no 3º Concurso Aprender e Ensinar – Tecnologias Sociais, promovido pela Fundação Banco do Brasil e revista Fórum. O concurso tem como objetivo reconhecer, apoiar e disseminar o uso de tecnologias sociais na educação. A premiação aconteceu nesta sexta-feira (15/02), na agência Aldeota do Banco do Brasil, e contou com a participação do secretário municipal de educação, Ivo Gomes.

O projeto “Eu canto, tu cantas e juntos crescemos”, desenvolvido por Ana Patrícia, em parceria com os demais profissionais da Escola Municipal Alvorada e com toda a comunidade escolar, consiste na utilização da música como forma de inclusão e escolarização de crianças autistas. A professora disse que foram usadas não só técnicas musicais, mas também de biodança, teatro e vivências coletivas não só com o aluno autista, mas de forma integrada com toda a turma.

Segundo ela, os pais foram convocados a participar junto com as crianças de um resgate cultural, revivendo com os filhos as brincadeiras de quando eram crianças. “Os pais se tornaram parceiros das crianças e isso foi fundamental para o sucesso do projeto”, afirmou Ana Patrícia.

A professora relatou ainda que o resultado mais valioso em relação ao projeto premiado foi ver a participação e o engajamento de toda a escola, inclusive com a elevação da autoestima de pais, alunos e professores.

O secretário Ivo Gomes parabenizou a professora pela premiação e a Fundação Banco do Brasil pela iniciativa do concurso. Ivo ressaltou que ser professor da rede pública é um enorme desafio e defendeu que o poder público deve estimular o professor a usar seus talentos pessoais para desenvolver projetos que possam trazer aprendizagem e perspectivas de melhoria de vida para as crianças.

SME Fortaleza