CMFor aprova medidas para combater a violência contra idosos e educadores

Antonio Henriquer (PTN) mobiliza combate à violência contra o idoso – Foto: Genilson de Lima

O plenário da Câmara Municipal de Fortaleza aprovou, na última quinta-feira, 6, dois projetos de lei que chamam a atenção para o combate à violência. O de nº 274/2009 institui o Dia Municipal contra a Violência à Pessoa Idosa. Já o de nº 97/2011 inclui no Calendário Oficial do Município o mês de reflexão sobre a violência contra os educadores. As proposta tem como ponto fundamental a criação de uma consciência social e um momento de reflexão sobre as agressões a que idosos e educadores estão sujeitos.

O vereador Antônio Henrique (PTN), autor da proposta do Dia Municipal, evidenciou a realidade da população idosa em relação à violência. Como aponta o parlamentar na justificativa do projeto, a violência contra a pessoa idosa é um fenômeno universal e um problema de saúde pública, atingindo principalmente mulheres de 75 anos. O Dia Municipal contra a Violência à Pessoa Idosa será comemorado em 15 de junho e contará com a realização de campanhas e seminários, como específica o projeto.

A proposta do mês de reflexão sobre à violência contra educadores é de autoria do vereador Elpídio Nogueira (PSB). “A insegurança e a violência, que têm visibilidade nos espaços públicos, incidem de forma mais sutil no interior das escolas, mas não menos insidiosamente, pois atingem física e moralmente os educadores”, apontou. As atividades em decorrência do projeto serão realizadas durante o mês de outubro, momento que marca também as comemorações do Dia do Professor.

As matérias aprovadas por unanimidade em discussão única seguem agora para a apreciação em Redação Final.

CMFor