Pouca leitura no tempo livre – Fala, cidadão – O Povo

Pouca leitura no tempo livre
Internautas comentam no Facebook O POVO Online a matéria “ Menos da metade dos professores de escolas públicas leem no tempo livre”

Lembrando que “textos virtuais” também são uma forma de leitura. Sou professor de Língua Portuguesa e estabeleci como meta ler pelo menos um livro por mês, de preferência com temas ligados ao conteúdo que leciono, afora leitura dos principais jornais. Trabalho por enquanto dois expedientes e confesso que, quando trabalhava os três, não dispunha mesmo de tempo para leituras. Mas penso que fica um pouco incoerente mandar meus alunos lerem se eu mesmo não tenho esse hábito. Dedico parte do tempo dos finais de semana e feriados para escrever, porém tenho que abrir mão de outras formas de entretenimento e lazer, como praia e teatro.
Pedro Antonio

Professor não tem tempo livre e tem bastante estresse que pode se tornar rotineiro e acabar em depressão. Tem como concentrar a leitura nessas condições?
Cristiano Olinda Fernandes