Quem comete bullying também precisa de tratamento psicológico

Crianças e adolescentes vítimas de bullying se sentem “desamparadas dentro da escola”, o que reforça sentimentos de solidão e medo, segundo a psicóloga Rosane da Rocha.

“Ela (vítima) se sente acuada e fraca em buscar ajuda. Ela passa a acreditar no que está sendo falado a respeito dela. Isso faz parte do bullying. Faz com que cresça o medo dos outros”, explica a psicóloga.

Rosane aconselha que as escolas devem orientar os alunos sobre o assunto. A melhor saída, conforme a psicóloga, é que crianças e jovens vítimas de rejeição reportem o problema para adultos, como pais e professores. (Lusiana Freire)

O Povo