Governo monta plano contra greve

Por causa da longa greve dos professores da rede estadual da Bahia, que chega a 72 dias, e da falta de perspectiva de solução para o impasse, a Secretaria de Educação do Estado apresentou um plano especial para os cerca de 22 mil alunos do 3º ano do ensino médio em Salvador. A proposta é para que os estudantes cumpram o calendário escolar e possam participar dos vestibulares e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no final do ano.

Professores contratados pelo Regime Especial de Direito Administrativo (Reda) – contratos temporários de dois anos, renováveis por outros dois – e os que estão em estágio probatório (concursados convocados há menos de dois anos, ainda sem estabilidade) foram convocados pela secretaria para o esquema especial. Além deles, 250 docentes aprovados no mais recente concurso promovido pela secretaria foram chamados.

Segundo o órgão, os professores receberão treinamento específico para a volta às aulas na próxima segunda-feira. Os docentes reivindicam reajuste salarial linear de 22,22%.

O Povo