Escolas na Espanha trocam suspensão de alunos por trabalho voluntário

As escolas da comunidade de Valenciana, a 330 km de Madri, na Espanha, não estão mais convencidas de que seus alunos rebeldes devam apenas ir para casa como forma de punição. Por conta disso, passarão a adotar regras mais duras, em vez da suspensão temporária, como convencionalmente acontecem nos colégios. A partir de 2014, os estudantes indisciplinados precisarão pensar duas vezes antes de cometer alguma rebeldia em sala de aula, caso contrário, terão que prestar serviços sociais, como limpar as ruas ou até mesmo cuidar de idosos.

do La Razón