Gastando com educação

• Há dois detalhes importantes que destacam essa informação. Primeiro é que esses valores investidos saem do bolso dos pais de família, seja de classe média ou rico. Segundo é que a Educação em nosso País continua um grande vilão empresarial, principalmente, porque o Governo não investe no setor. Os brasileiros deverão gastar R$ 75 bilhões neste ano com Educação, valor 5,6% maior (já descontada a inflação) que o registrado em 2012, aponta pesquisa do instituto Data Popular. Em 2012, os gastos foram de R$ 62,8 bilhões.

• Custos – De acordo com a pesquisa, quanto maior a renda, mais se gasta proporcionalmente com matrículas e mensalidades do que com livros e material escolar. Os gastos com matrículas e  mensalidade correspondem a 81% do total (R$ 60,5 bilhões), e os outros 19% (R$ 14,5 bilhões) são referentes a gastos com material escolar.

• Regiões – Segundo o estudo, as famílias de classe alta são maioria nos gastos com matrícula e mensalidade (65%), e nos gastos com material escolar (49%). Na distribuição regional dos gastos por Educação, segundo o estudo, o Sudeste aparece em primeiro lugar com 53% dos gastos, seguido por Nordeste (18%), Sul (15%), Centro-Oeste (9%) e Norte (5%).

O Estado-CE