Prefeitura vai abrir seleção para diretores de escolas

A primeira mudança efetiva na educação, de acordo com o novo titular da Secretaria Municipal da Educação (SME), Ivo Gomes, será o processo de seleção pública para diretores das escolas municipais. O anúncio foi feito ontem, durante a posse dos novos secretários.

Ivo Gomes reforçou a crítica ao que ele chama de “politicagem” nas escolas municipais. “Política e educação são água e óleo. Não se misturam. É cada macaco no seu galho”, enfatizou.

O processo, segundo ele, será baseado em critérios técnicos, como experiência em sala de aula ou gestão em escolas. Profissionais da própria rede ou de fora vão poder participar.

Para os próximos quatro anos, a meta principal, declarou Ivo Gomes, é elevar o nível de aprendizagem das crianças e adolescentes matriculados na rede municipal. “Os resultados são preocupantes”. A principal estratégia, conforme o novo secretário, será o fortalecimento da leitura. O Programa de Alfabetização na Idade Certa (Paic) está entre as ferramentas utilizadas. “Vamos dar agora toda força para quer ele (Paic) funcione na carga total”, disse.

Tempo integral

Ivo Gomes afirmou ainda que alguns terrenos estão sendo identificados para construção das escolas em tempo integral, uma das principais promessas de campanha de Roberto Cláudio. Vão ser 30 creches e 18 escolas de ensino fundamental. “Vamos agora elaborar projetos arquitetônicos. E de engenharia”.

Na campanha, Roberto Cláudio prometeu criar, nos quatro anos de governo, 48 escolas em tempo integral, 80 creches com recursos da Prefeitura e mais 80 em convênio com o Estado. (Gabriela Meneses)

O Povo