Enem teve 27,9% de abstenção

São Paulo. O Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) deste ano teve um índice de abstenção de 27,9%, segundo dados preliminares. Assim, de um total de 5.791.290 candidatos, 1,6 milhão não compareceram ao local da prova neste fim de semana.

“Nós estimamos que tivemos em torno de 4,175 milhões de participantes”, afirmou o ministro Aloizio Mercadante (Educação), em entrevista à imprensa.

O número foi divulgado na tarde de ontem pela assessoria de imprensa do Ministério da Educação.

“Os Estados com maior índice de faltosos, nos dois dias, foram Roraima, Bahia e Amazonas. Com menor índice registraram-se Piauí, Santa Catarina e Alagoas”, afirmou em nota a pasta.

Em 2011, o percentual de abstenção foi de 26,4% e em 2010, 28%. Há três anos, foi registrado o maior índice de ausências: 37,7% de abstenção.

Fotos na internet

O MEC eliminou mais 28 candidatos por publicarem fotos do Enem em redes sociais ontem. Ao todo, 63 estudantes foram eliminados nos dois dias de avaliação. Ao serem identificados, os estudantes foram retirados das salas de aplicação do exame. É proibido entrar na sala de prova com celular ou outros equipamentos eletrônicos.

Ao todo, 65 estudantes foram retirados de sala nesta edição do Enem – outros 37 já haviam sido identificados pelo Ministério da Educação sábado. Alguns casos aconteceram antes do início das provas, quando fiscais viram os jovens fotografando cartões de respostas.

O MEC informou que vai investigar novos casos de candidatos que publicaram fotos do Enem em redes sociais ontem, segundo dia da seleção.

Uma estudante gestante, com 17 anos de idade, deu à luz um menino dentro do banheiro da Escola Estadual Catarina de Abreu em Sidrolândia MS), poucos minutos antes do início das provas do Enem, ontem. Ela é ex-sem-terra e assentada no Projeto de Assentamento Eldorado.