Rede reduz escolas na Capital

Uma das quatro sedes da rede Salesiana Dom Bosco, em Fortaleza, encerra suas atividades letivas neste ano, depois de quatro décadas de funcionamento. Os 310 alunos que estudam na unidade, que fica na avenida João Pessoa, serão transferidos para as outras três sedes da rede: Colégio Dom Bosco, na avenida Antônio Sales; Colégio Juvenal de Carvalho, também na João Pessoa; e Colégio Auxiliadora, que funciona como anexo do Colégio Juvenal de Carvalho.

O padre Gilberto Silva, diretor da instituição, diz que o encerramento das atividades se justifica pela unificação das ações a fim de melhor qualificar os serviços oferecidos. “Queremos equipar bem as escolas para 2013 e investir na qualificação dos profissionais”, explica padre Gilberto.

Pais de alunos, principalmente, lamentam a redução da rede. O empresário Ricardo Fiúza, 39, estudou no colégio de 1983 a 1989. Gostou tanto da “educação humana e religiosa” cultivada pelo colégio, que matriculou os dois filhos nele desde cedo. “É com intenso pesar que soube do fechamento daquele que fez parte da minha formação educacional”, lamentou.

A diretora da Faculdade de Educação (Faced), da Universidade Federal do Ceará (UFC), Maria Isabel Filgueiras, analisa a conclusão de atividades da escola salesiana como um fato que vem se tornando mais frequente entre as escolas católicas. “De quinze anos pra cá, elas passaram a pagar impostos que não pagavam antes, e precisaram se readequar financeiramente”, cita possíveis razões.

O destino do prédio de mais de 5 mil metros quadrados da escola ainda está indefinido. (Sara Receba Aguiar)

O Povo