Paulo Gomes propõe acompanhamento psicológico em escolas municipais

Paulo Gomes (PMDB) é o propositor da matéria – Foto: Genilson de Lima

Tramita na Câmara Municipal de Fortaleza o projeto de lei nº 199/2012, que dispõe sobre a introdução de psicólogos no quadro de profissionais de educação na rede municipal. Proposta pelo vereador Paulo Gomes (PMDB), a medida sugere implementação gradual, com o atendimento individual e coletivo à alunos e professores.

“Essa nova atuação terá reflexos na diminuição da evasão escolar e servirá de apoio a atuação do professor, trazendo como resultado sensíveis melhorias nos níveis de aprendizagem dos estudantes”, justificou Paulo Gomes. A proposta especifica ainda a realização de convênio e parceira para a implantação do projeto, contando com uma articulação entre os segmentos da educação e saúde.

Com uma atuação permanente nas unidades de ensino, como estabelece o artigo 3º, os psicólogos nas escolas visam ajudar a família e aos estudantes na redução das dificuldades de aprendizagem. Outro ponto, como destaca Paulo Gomes na ementa do projeto, é a prevenção ao uso de drogas e ao bullying no ensino municipal. “É razoável destacar que o cenário de violência que as comunidades enfrentam cotidianamente se reflete na escola, criando um ambiente desarmônico para a aprendizagem”, apontou Paulo Gomes.

A matéria encontra-se na Comissão de Legislação, Justiça e da Cidadania na Câmara, aguardando parecer sobre a constitucionalidade do projeto.

CMFOR