Governo quer vincular pré-sal à reserva de 10% do PIB para a Educação

A ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, admitiu que o governo pode aceitar a previsão de reservar 10% do produto interno bruto (PIB) do Brasil para a educação, caso os parlamentares indiquem fonte de recursos desse investimento.

De acordo com a ministra, o Palácio do Planalto aceitaria negociar, por exemplo, se os recursos dos royalties do petróleo pudessem ser vinculados a esse gasto.”Se houvesse a garantia de que esses recursos dos royalties do pré-sal pudessem ser destinados à educação, seria possível ampliar além dos 8% que o governo já havia se comprometido.

Poderíamos chegar até os 10 por cento. Mas tem que ter a fonte. Tem que ter de onde vai sair o dinheiro”, disse a ministra, depois de reunião com lideranças partidárias da base aliada.

Por: Valeska Andrade

Fonte: O POVO