Cérebro ignora discursos chatos

Cientistas da Universidade de Glasgow monitoraram o cérebro de voluntários que ouviram histórias narradas por um locutor. Quando o caso era chato, o córtex auditivo dos voluntários era mais acionado.

por Carol Castro

Cientistas da Universidade de Glasgow, no Reino Unido, monitoraram o cérebro de 18 voluntários que ouviram histórias narradas por um locutor. Quando o caso era chato, sem emoção, o córtex auditivo dos voluntários era mais acionado. Para os cientistas, isso significa que o cérebro cria uma voz interior – e a sobrepõe a coisas entediantes.

Super 307