Inácio: educação com 50% do Fundo Social do pré-sal

A destinação de  metade dos recursos do Fundo Social às áreas de educação e de ciência e tecnologia foi defendida por Inácio Arruda (PCdoB-CE). Criado no final do ano passado, o Fundo Social tem entre suas principais fontes de receita recursos do petróleo da camada pré-sal.

O senador é autor de projeto com esse objetivo (PLS 138/11), já aprovado por unanimidade na Comissão de Educação, e que deve ser votado em decisão terminativa pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) em  11 de setembro.

Inácio ressaltou que, com a vinculação proposta, o Brasil estará investindo 10% do PIB em educação, o que, afirmou, “é fundamental para acelerar o desenvolvimento do país”.

Jornal do Senado