Dilma deve reajustar salários de professores e militares em 2013

O governo Dilma decidiu reajustar o salário de professores universitários e de militares no próximo ano, informa reportagem de Natuza Nery e Valdo Cruz, publicada na Folha desta quarta-feira (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

A proposta, em discussão pela equipe econômica, deve atender outras categorias. A sinalização de um novo reajuste salarial para os professores é uma tentativa de pôr fim à greve da categoria, que pode prejudicar a campanha do ex-ministro da Educação Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo.

Os professores universitários estão em greve há quase um mês.

Ontem, na primeira reunião entre Ministério do Planejamento e professores, o governo federal solicitou uma trégua de 20 dias para analisar as reivindicações da categoria, que pede uma reforma do plano de carreira.

A reunião terminou sem acordo e governo professores de universidades federais vão retomar as negociações na próxima terça-feira (19).

Leia a reportagem completa na Folha desta quarta-feira, que já está nas bancas.

Folha de S. Paulo