Garota tem apoio de secretária por denunciar escola

A expressão peralta da foto de Isadora Faber, de 13 anos, na página Diário de Classe da rede social Facebook e seu relato sobre o cotidiano escolar conquistaram uma legião de fãs e problemas. Aluna da Escola Básica Maria Tomázia Coelho, no Santinho, em Florianópolis (SC), ela encarou as críticas, recebendo o apoio de mais de 114 mil “curtidas” e agora tem uma aliada de peso.

A secretária municipal de Educação, Sidneya Gaspar de Oliveira, em nota oficial, elogiou a iniciativa “brilhante e saudável” da adolescente, dizendo que “essa página veio nos auxiliar no monitoramento da escola. É uma espécie de ouvidoria”, frisou.

Isadora, aluna bem-comportada e de notas acima da média, criou a página no Facebook em 11 de julho, inspirada por uma página que sua irmã primogênita havia mostrado. Assim, a adolescente, embora com alguns erros de português, iniciou seu relato diário, ilustrado por fotos.

Portas quebradas, fiação elétrica à vista, bebedouros inúteis e relacionamento péssimo com o professor de Matemática, por exemplo, renderam rápida popularidade na rede e pressão na escola. A diretora da unidade, Liziane Diaz Farias, negou que tenha ocorrido qualquer represália contra a estudante por causa da página. (das agências)