Mudança depende de transformação cultural

Para o coordenador de Ensino Fundamental e Médio da Secretaria Municipal da Educação (SME), Arlindo Araújo, os resultados das escolas municipais devem ser avaliados individualmente, de acordo com a localização da instituição e a situação socioeconômica da comunidade. Arlindo justifica possíveis baixos índices dizendo que a prova do Ideb foi realizada em Fortaleza quando a rede ainda estava no meio do ano letivo (em novembro).

Para ele, o Ideb de Fortaleza está em uma crescente e assim seguirá. Principalmente pelos investimentos que estão sendo feitos em gestão e docência. Os avanços, indica, já são significativos. Porém, ele afirma que um crescimento maior foi impedido por situações como a greve de professores (que durou quase dois meses, em 2011). Arlindo destaca a implantação, neste ano, das coordenações pedagógicas nas escolas e as ações de formação continuada dos professores como iniciativas que representarão melhorias.

Para Arlindo Araújo, uma mudança definitiva de resultados, porém, só ocorrerá quando houver mudança de cultura. “A população precisa ter entendimento que a unidade faz trabalho para o desenvolvimento daquela população. E compreender que educação não se resolve só no espaço da sala de aula”, diz. (ML)

Mariana Lazari

O Povo