Dia do Brincar é assegurado por lei no CE

Lei estadual institui o Dia do Brincar, numa iniciativa pioneira do Ceará para envolver todos os 184 municípios

Fonte: Diário do Nordeste (CE)

Fortaleza. Todo dia 31 de maio, comemora-se o Dia Internacional do Brincar. O Ceará, no entanto, vai passar a comemorar a data mais cedo, dia 28 de maio, por lei sancionada pelo governador Cid Gomes, de nº 4.977. A ideia é fazer com as brincadeiras infantis sejam disseminada em todo o Estado, com apoio do Poder Público e da sociedade.

A iniciativa partiu da deputada estadual Bethrose (PRP), que é também primeira-dama do Município de São Gonçalo do Amarante, na Região Metropolitana.

Sendo fisioterapeuta por formação profissional, ela disse que estranhava, até seu marido tomar posse na Prefeitura, o fato das escolas e, principalmente as creches, não contarem com áreas como playground e outros espaços para atividades lúdicas dos estudantes.

Com isso, ela mobilizou os parlamentares para que aprovassem projeto de lei de sua autoria, criando o Dia do Brincar, como uma forma de eleger uma data onde as brincadeiras infantis deverão ser enfatizadas nos 184 Municípios.

Com a aprovação da lei, Bethrose disse que agora espera que haja maior envolvimento das prefeituras e de toda a sociedade. O objetivo maior, conforme salienta, está em reconhecer a brincadeira como um instrumento importante no desenvolvimento psicossocial da criança, especialmente, na faixa etária de zero a seis anos.

“Não somente sou eu quem digo. Os especialistas afirmam que brincar é essencial para a criança, porque assim, a partir do imaginário ou mesmo da competição dos jogos, estabelecem suas relações sociais e suas percepções com o mundo exterior”, afirma a parlamentar.

Como primeira-dama de São Gonçalo do Amarante, conta que logo implementou os playgrounds nas escolas municipais e aderiu ao projeto de briquedoteca, proposto pelo Unicef.

O passo seguinte foi difundir a consciência de que as brincadeiras infantis devem ganhar cada vez mais importância nas escolas, como forma de aprimorar o aprendizado e com a função de estimular a imaginação das crianças.

Desde então, tem sido uma voz recorrente a favor da instalação de brinquedotecas ou na sala de aula, Municípios cearenses vêm adotando esta ação educativa em suas instituições e enviando seus educadores sociais para capacitações na área.

Atualmente, além de São Gonçalo do Amarante, também exercem prática semelhante os Municípios de Apuiarés, Aratuba, Itaiçaba, Pacatuba e Tauá. No semestre passado, foram certificados pela Assembleia Legislativa no curso de Formação para Educadores Sociais do Programa de Brinquedotecas Públicas Municipais.

“O Dia do Brincar, que é comemorada internacionalmente, foi instituído no Ceará não só pela importância de incluí-lo no calendário estadual, mas sim como forma de divulgar todos os anos e reforçar a relevância deste momento lúdico, que é o brincar, para o desenvolvimento intelectual das crianças”, ressalta a parlamentar, que é também presidente da Comissão da Infância e Adolescência, da Assembleia Legislativa do Estado do Ceará.

Ainda de acordo com a deputada, é durante as brincadeiras aonde os pequenos começam a assimilar as regras de convivência. “Brincando, a criança começa a entender como as coisas funcionam”, diz.

Benefícios
De acordo com as Diretrizes Nacionais da Educação Infantil, documento elaborado pelo Ministério da Educação (MEC), a atividade de brincar possui um papel estruturante naEducação de uma criança, devendo ser estimulada a curiosidade, a partir da brincadeira orientada pelos profissionais da Educação.

O Programa Ceará Cresce Brincando, desde 2007, vêm entregado espaços de promoção da cultura do brincar e do esporte educacional; e capacitando educadores sociais brinquedistas em todo o Estado.

Marcus Peixoto, Repórter